top of page
  • Foto do escritorConsultora da Desordem

Autocuidado e Minimalismo

Atualizado: 21 de out. de 2021


Todos os caminhos levam ao cuidado que podemos ter connosco, mas às vezes distraimo-nos.

Agora, sem distrações, é interessante ver como o autocuidado pode ser minimalista.

Minimalista no sentido seletivo do termo.

É bom estar atento ao que nos confere bem-estar em particular.

Cuidar deste bem-estar é puro exercício de minimalismo.

Por exemplo:

1 - Dar valor ao que se tem e cuidar disso com estima e dedicação.

2 - Ter cuidado com a gestão do tempo, é bom encontrar o equilíbrio do tempo que se dedica ao trabalho, há casa e ao lazer.

3 - Respeitar a pessoa que se é hoje, sinal de autoconhecimento (projeto em curso) e autocuidado.

4 - Cuidar do corpo com delicadeza e atenção, outro exercício minimalista: ouvir o corpo, ele é sábio!

5 - Cuidar dos pensamentos para que nos alimentem e não nos destruam, o que nem sempre é fácil!

6 - Cuidar do momento presente porque é o que se tem de mais certo.

7 - Estar atento à qualidade das relações que alimentamos: há pessoas que nos fazem bem e há pessoas que drenam a nossa energia, ao ponto de se tornarem tóxicas.

8 - Procurar dar o seu melhor em tudo o que se faz, o tempo que se leva é o mesmo e os resultados são bem melhores.

9 - Perdoar as nossas fraquezas, é aperfeiçoar a nossa humanidade, um exercício de puro autocuidado e minimalismo, porque requer foco no que mais importa.

E tu? Como anda o cuidado que tens contigo?

Comments


bottom of page