top of page
  • Foto do escritorConsultora da Desordem

O poder do pensamento

Atualizado: 8 de mar.



A pessoa com quem passamos mais tempo ao longo da vida é connosco próprios.

Os pensamentos são as conversas que cada um tem consigo próprio, desde que acorda até ao momento em que adormece, por isso é bom que sejam agradáveis e construtivas.

O tom e o teor destas conversas influenciam de tal maneira o nosso estado de espírito e emoções, que acabamos por nos identificar mais como uma pessoa otimista ou pessimista.

O nosso pensamento é como um macaco rebelde, anda na nossa cabeça de um lado para o outro e é capaz do melhor e do pior.

Todos nós somos capazes de ter pensamentos muito bons, o que nos conduz ao sucesso quando os concretizamos, e pensamentos destrutivos que, no limite, podem conduzir a comportamentos agressivos ou ataques de pânico, quando as pessoas se deixam levar pelas suas emoções.

Por exemplo: Eu vou a conduzir e penso que vou ter um acidente horrível.

Se eu levar esta ideia a sério, posso entrar em pânico ou posso mesmo vir a ter um acidente se ficar muito nervosa. Mas também posso tranquilizar-me.

Posso dizer: se achas que vais ter um acidente então vai mais devagar, presta mais atenção agora.

Assim o meu macaco fica mais calmo. O novo pensamento desencadeia um comportamento tranquilo e eu chego bem ao meu destino.

Por outras palavras, perante o estímulo de um pensamento, podemos escolher o comportamento mais adequado, que nos leva ao resultado desejado.

Tudo começa com um simples pensamento.

O pensamento é uma sementinha com um poder incrível, só é preciso saber alimentar o que nos faz bem e nos leva mais longe.

Outro aspeto interessante sobre os pensamentos, é que eles para além de condicionarem a nossa disposição e comportamento, também nos fazem viajar no tempo.

Por meio do pensamento há quem fique refém do passado, ou seja, são pessoas que não se conseguem libertar do que já foi ou do que podia ter sido e esquecem-se que a única maneira de viver, é estar presente no momento presente, conectado com o que está a acontecer aqui e agora.

Outras pessoas viajam para o futuro.

Uns são sonhadores, outros são ansiosos porque sofrem por antecipação, em ambos os casos, estas pessoas esquecem-se que a única maneira de viver, é estar presente no momento presente, com os pés bem assentes na terra, onde se concretizam os sonhos e onde se vive com o que se tem, não com o que se gostaria de ter.

Já ouviste a frase: Cuidado com o que desejas?

O que isto quer dizer é que nós atraímos o que nos acontece através dos pensamentos recorrentes que alimentamos.

Se quiseres aprofundar este tema, recomendo o livro do coach Michael Neil “ De dentro para fora, uma revolução pessoal” ou o “Pense e fique rico” do Napoleon Hill.

Olha, e tu? Sabias que podes controlar os teus pensamentos através das conversas que tens contigo?

Comments


bottom of page