top of page
  • Foto do escritorConsultora da Desordem

Um lugar de encontro

Atualizado: 24 de jun.



Casa é um lugar de encontro.

Um encontro connosco e com quem a partilhamos.

Quantas pessoas conhecem a nossa casa? Quantas pessoas frequentam a nossa casa?

Uma casa diz tudo sobre quem lá mora, é por isso um lugar de intimidade.

É aqui que nos deitamos na cama que fazemos, um espelho fiel da forma como estamos na vida e da organização que paira na nossa cabeça.

Há quem faça a cama por disciplina, educação e rigor.

Há quem faça a cama pelo prazer de quem prepara o seu descanso, o que é um bom hábito.

Há quem nem faça a cama, porque acredita que é um desperdício de tempo.

Na casa de cada um, as coisas devem estar à sua maneira, sem certo nem errado, logo que a pessoa viva feliz com a sua realidade.

E por falar em realidade, existem realidades extremas…

Temos os maluquinhos das limpezas, estimam a casa como se fosse um laboratório com zero bactérias, a decoração está alinhada com régua e esquadro e a arrumação é imaculada. São os maníacos da casa, vivem para que esteja sempre tudo certo e quem destabiliza a ordem causa stress.

Outros vão ao extremo oposto.

A loiça acumula-se ao longo de semanas, a roupa anda espalhada, portas e gavetas podem estar abertas, é indiferente. Normalmente quem mora numa casa assim, usa a casa para satisfazer necessidades básicas como dormir, tomar duche, mudar de roupa, alimentar-se e pouco mais.

A realidade mais comum, são as casas que acumulam o peso da história de uma vida, ou seja, têm tralha a mais e por isso ficam obstipadas.

Falo de coisas que as pessoas já não gostam, não usam, nem precisam, pelo simples facto de que a vida mudou, nós mudamos e a casa não acompanhou esta mudança.

Depois há os outros que alimentam uma relação saudável com a casa e cuidam-na pelo prazer de a ter bem estimada, têm só o que precisam o que simplifica muito a vida.

Mantêm as tarefas da casa em dia porque todos colaboram nas rotinas do dia-a-dia, vivem num ambiente agradável e por isso a casa brilha, não porque lhe puxam o lustro mas porque tem o brilho de quem lá vive.

Sim, o equilíbrio entre as tarefas da casa, a vida profissional e familiar é possível.

Se por acaso gostavas de cuidar melhor da tua casa ou se precisas de encontrar o equilíbrio que te faz falta em casa, marca a tua sessão porque eu posso ajudar.

Casa organizada, vida simplificada! 😊

Comentários


bottom of page